FerroFrente vem a público pedir que audiências públicas sejam programadas

Há décadas temos assistido no país o despontar de famílias que dominam o transporte público sobre pneus agindo em três frentes danosas ao interesse público. Primeiro pela relação nada republicana que têm estabelecido com os poderes constituídos, sustentando inclusive grande parte do financiamento não declarado das campanhas. Segundo pela insistência no lobby que impede o melhor desenvolvimento do transporte público sobre trilhos. Em terceiro e principalmente por, apesar dos rios de dinheiro desviados para campanhas e afins, negar aos seus trabalhadores os direitos básicos. A sociedade como um todo é tremendamente afetada por isso, e a FerroFrente vem a público pedir que audiências públicas sejam programadas para que esse assunto seja enfrentado como deve, e encaminhamentos sejam delineados a partir da oitiva de todos, mormente os usuários do sistema.

 

 

José Manoel Ferreira Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima